Garagem do Clube



Autor Tópico: Influencia da condução no comportamento do motor?  (Lida 2063 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline eletricpenguin

  • 130CV
  • *****
  • Mensagens: 2700
  • Feedback: +0/-0
  • Ford & Mitsubishi Fan :P
Influencia da condução no comportamento do motor?
« em: 11 de Setembro, 2004, 23:31:41 »
Olá.

Tenho aqui um tema para "debate".  8)
Acham possivel que um motor, com já acima de 100000km, e que tenha sido conduzido sempre com "calma" (por não dizer: preguiça   :twisted:), possa mudar no seu comportamento, sendo conduzido de forma diferente, puxando mais por ele?

É que o meu fiesta MK3 1.1 de 90, a gasolina, que tenho agora há 10 meses, parece-me um bom exemplo, pois tem 125000 km, e só teve um dono antes de mim, e tenho quase a certeza que esse dono o tratou "demasiado" bem (o que não é mau, pois por exemplo quase que não tem pontos de ferrugem, pois esteve sempre em garagem), mas penso que também o conduziu com muita "calma". Pois acontece o seguinte: eu quando comprei o carro, fiquei algo surpeendido com a "falta" de potência que ele tinha em certas subidas e em AE. Não me parecia lá muito normal. Mas também não posso dizer que tenha experiencia que chegue para poder dizer isso, pois só tenho a carta há um ano e pouco e ainda não conduzi muitos carros diferentes. Seja como for, e aprendendo a conduzir cada vez melhor, como é obvio, comecei a puxar mais pelo carro, ou seja, indo até RPMs mais altas (mas sempre dentro do "normal", pois não sou daqueles que goste de arriscar-se a estragar o motor só para poder dizer que o levou ao limite... não, eu trato o bem, o meu fiesta...  :wink: pois fazia me muita falta se não o tivesse), e ultimamente tenho tido a impressão que o carro ganhou em potência... não muito, como é obvio, mas parece me haver uma diferença (comparando nas mesmas subidas, como é obvio, mas também em AE).

Mas claro que também é possivel que seja tudo impressão minha, e que simplesmente por eu ter aprendido a utilizar melhor as mudanças e o acelerador, ele tenha mais potência.

O que é que vocês acham? Terá o motor se habituado a ser mais puxado e perdido a "preguiça" que "ganhou"? Ou será simplesmente tudo impressão minha e está simplesmente relacionado com a minha melhor técnica de condução?

Offline RS

  • 50CV
  • *
  • Mensagens: 84
  • Feedback: +0/-0
Influencia da condução no comportamento do motor?
« Responder #1 em: 12 de Setembro, 2004, 00:00:32 »
É natural que o motor estivesse preso, provavelmente o anterior dono apenas o usava para pequenas voltas. Conforme o foste levando a regimes mais elevados, o motor foi descarbonizando ganhando alguma genica.

Recomendo que vás soltando o motor de forma gradual, de preferência em AE deixando a 5ª ganhar velocidade. Não é muito saudavel levares o carro a altos regimes estando o motor preso.

Contudo, o mk3 1.1 nunca foi um carro conhecido pelas suas performances, por isso não esperes muito mais dele. É lento, mas robusto, com manutenção fácil / barata e consumos simpáticos.

Offline fiestapower
  • 90CV
  • ***
  • Mensagens: 549
  • Feedback: +0/-0
Influencia da condução no comportamento do motor?
« Responder #2 em: 12 de Setembro, 2004, 11:31:10 »
Não posso concordar mais com esta opinião!Com o meu carro notei o mesmo e agora tá um pouco mais rápido do que quando o comprei. TEnho um amigo meu que tem um carro igual ao teu a aquilo realmente não é muito rápido...não sei se é normal mas acho que não até pk o carro tem um uso péssimo...só voltas em cidade...

aCid
  • Visitante
Influencia da condução no comportamento do motor?
« Responder #3 em: 12 de Setembro, 2004, 11:59:18 »
A mim aconteceu-me o mesmo quando o comprei e agora ta-me a acontecer outra vez... Eu passo a explicar. O carro era de um vizinho meu professor que da aulas aqui a 2km se tanto... Quando o comprei a descer nao passava dos 160, e a partir das 4000rpm aquilo parecia que o motor ia saltar fora... Fui esticando SEMPRE SO em 3º,4ª e 5ª e o carro teve alturas que na mesma descida do 160, fazia sempre 180...
Agora, tou a trabalhar a 1km de casa, quando nao vou a mais sitio nenhum o carro nem chega a aquecer... Voltou ao mesmo...
Os Ford nao sao propriamente motores com genica! Mesmo assim ja li algures que um motor que nao roda de vez em quando em rpm's altas, pode estar em pior estado que um que seja esticado esporadicamente (nao se leia sempre), alias ate li isto acerca de um motor de um Civic, que sao bem fiaveis e dados a granda rotacao...

Abraço e pau nas makinas...

Bug Killer 03
  • Visitante
Influencia da condução no comportamento do motor?
« Responder #4 em: 12 de Setembro, 2004, 23:04:01 »
Pah, o meu desde os 12000 que foi bem tratado pelo meu irmao  :twisted: , mas depois entrou o meu pai e ele preguiçou um pouco. Agora comigo la vai esticando mais, mas convem referir, que só se pode comparar coisas com o mesmo peso. O meu carro com 2 pessoas la dentro, nao faz nem metade do k faz comigo sozinho. Eu tenho 90 e tal kgs, e quando leva outra pessoa, nem que seja magrinha eu noto logo. De carro xeio, pontos d embraiagem é uma doidice :D Mas sim, quanto mais esticas o motor, dentro do regime optimo, ele vai abrindo mais e tirando o carvao que lá ficou  :D

Abraço